quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Monaco vence o apático Arsenal e garante vantagem

Arsenal e Monaco duelaram pela partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões e fizeram um jogo truncado, em que os Gunners tentava chegar na área adversária, no entanto, o time do Principado demonstrou porque sofreu somente um gol na fase de grupos e venceu pelo placar de 3 a 1, com gols de Kondogbia, Berbatov e Ferreira-Carrasco, Chamberlain descontou para a equipe inglesa.

Os Gunners foram apáticos o jogo inteiro e não esboçou nenhuma tentativa, enquanto o Monaco esperava um espaço para encaixar um contragolpe.


O duelo de volta acontece no dia 17 de março, no estádio Louis II e o Monaco pode perder por 2 gols de diferença.

Primeira etapa amarrada e o Monaco sai na frente

Arsenal tentou furar a retranca do Monaco, mas o time do Principado comprovou na primeira etapa porque sofreu apenas 1 gol, na fase de grupos da Champions.

Enquanto os Gunners tocavam a bola, o Monaco se fechava e procurava um espaço para encaixar um contra-ataque.

A grande chance do Arsenal foi nos pés de Sanchez. Aos 31', o atacante recebeu passe de Ozil dentro da área, o chileno chutou e a bola passa raspando a trave de cima.

O Monaco abriu o placar seis minutos depois. Kondogbia chutou de longe, a bola desvia em Mertesacker e o goleiro Ospina nada pôde fazer.

Monaco marca dois, Arsenal um e o time do Principado encaminha classificação

Logo aos 9', o Monaco marca o seu segundo gol. Depois de rápido contra-ataque, Martial, que estava na entrada área, tocou para Berbatov. O atacante chutou na saída de Ospina.

O Arsenal respondeu três mimutos depois. Sanchez arriscou na entrada da área, Subasic espalma e Giroud pega o rebote, mas a bola passa por cima do gol.

O Monaco teve a chance de marcar o terceiro aos 16'. Após toca de bola, João Moutinho desviou de letra e Martial chutou, mas Ospina saiu em cima do atacante e impediu o gol do time do Principado.

Na jogada seguinte, João Moutinho matou a bola no peito, na ponta esquerda e arriscou o chute. A bola raspou o travessão.

Aos 19', o Arsenal perdeu a chance de dimimuir. Após contra-ataque, Walcott arriscou o chute, Subasic faz a defesa e no rebote, Welbeck chutou para cima do gol.

Os Gunners descontaram aos 46'. Após bate e rebate na entrada do Monaco, Chamberlain limpa a jogada e acerta belo chute.

Mas o Monaco sacramentou a vitória dois minutos depois. Depois de contra-ataque, Ferreira-Carrasco invadiu a área e chutou cruzado. A bola bateu na trave e morreu no fundo da rede.

FICHA TÉCNICA:

ARSENAL 1 X 3 MONACO

Arsenal: Ospina; Chambers, Mertesacker, Koscielny e Monreal; Coquelin, Rosicky, Cazorla e Ozil, Alexis e Giroud. Técnico: Arsene Wenger.

Monaco: Subasic; Fabinho, Wallace, Abdennour e Kurzawa; Kondogbia e João Mourinho; Dirar, Bernardo Silva e Ferreira-Carrasco; Berbatov
Técnico: Leonardo Jardim.

Data: 25/02/2015
Árbitro: Deniz Aytekin (Alemanha), auxiliado pelos compatriotas Guido Kleve e Markus Hacker.
Cartões amarelos: Coquelin, Bellerin e Ozil (Arsenal); Elderson e João Moutinho (Monaco).
Gols: Kondogbia (37'/1ºT); Berbatov (9'/2ºT), Chamberlain (46'/2ºT) e Ferreira-Carrasco (48'/2ºT).
Estádio: Emirate Stadium, em Manchester (Inglaterra).